Tag Archives: Termas da Azenha

Rainha do mosaico Astrid

“Sim, esse parece ser o melhor”, conclui Astrid e aponta para um comboio. Nós falamos sobre isso extensivamente e contamos: 14:00 voar, chegar uma hora antes da partida (é Janeiro, não há tanto movimento, não há filas sem fim na alfândega – certo?), 1 hora com o metro …

Astrid está aqui para reabastecer por uma semana, mas agora ela têm que voltar de repente e inesperadamente

blogue_rainha-mosaico-Astrid

O pai das crianças morreu, de repente, e de inesperadamente, muitas coisas têm que ser tratadas. “As meninas” não podem simplesmente ser informadas com um telefonema.

Mesmo que são quase adultas, ainda vivem com a sua mãe, mas sim, a mãe agora está aqui. O pai delas  e o seu ex – 16 anos atrás eles separaram, e depois disso eles só tiveram alguns contatos. Sobre as crianças, e sobre a sua contribuição para elas.

Estou lá e assisto neste tsunami de comunicação

É diferente, se é mãe de umas meninas, nota-se. Há muito app-ing, especialmente depois de “as meninas” terem sido informadas por amigas confiáveis. Há também muitas mensagens com amigas.

Sou mãe de meninos, com um jovem mais introvertido. Isso é diferente! Agora, nós – graças à Deus – ainda não experimentaram que seu pai / meu ex morreu de repente, mas, de outra forma, a comunicação é muito diferente. Muito breve. E eles nem eu nunca perguntamos “como te sentes”.

O seguro de viagem não cobre a viagem de regresso

Para que tens seguro? Para ter a ilusão que eles vão te ajudar no mal quando estás em tempos bons? De qualquer forma, estamos familiarizados com esse resmungo. Muito mau, mas há coisas mais importantes no mundo. Mais importante ainda, Astrid pode voltar para ajudar as meninas a processar a tristeza.

É um choque, uma morte inesperada, certamente – mas para Astrid também é uma pena que ela tenha que interromper sua semana de reabastecimento. Eles separam há 16 anos – ela fica triste, mas não inconsolável.

A Astrid tem vindo durante anos – primeiro com as meninas e depois sem elas

Um dos hóspedes regulares.  Ela gostou tanto que veio de férias com as meninas e, desde então, todo os verões. Um destino agradável para uma família monoparental, que é uma base decisiva para umas férias relaxantes.

As meninas divertiram-se na piscina e no vestiário, e com as outras crianças

O engraçado é que as vi crescer, todos os Verões um pouco mais adultas.  E Astrid e eu começamos à colaborar com crear mosaicos, e isso realmente tornou-se tradição.

Antes que ela vem, muitas vezes envio uma imagem inspiradora: “O que achas disto?” pergunto, “para aquele canto acima das portas de entrada do balneário?”

“Tens vermelho que chegue?” Ela envia de volta, “e onde exatamente será?”

Ela deixou várias obras primas

blogue_rainha-mosaico-Astrid

Desta vez, eu queria mantê-lo modesto. Numa semana, não podes fazer enormes superfícies de mosaicos, e então fico com um trabalho inacabado, que ainda precisa de um grande revezamento. Isso pode ser feito por voluntários entusiasmados, mas nem sempre os tens.

Não tenho tempo. Tenho que fazer um mini-golfe e uma loja virtual para vender os nossos roupões de banho extraordinários, tenho que lixar e pintar muitas janelas, e um par de cabines de banho precisam de ser transformados num museu, incluindo o mosaico 3-D. Planos e idéias suficientes, mas 2018 parece ser semelhante a de 2017.

Se  não prestas atenção, o dia passou já

Dizemos adeus a Astrid. Vou terminar o mosaico. Não há problema, claro, isto é uma situação extraordinária. Força com tudo isso, e nos mantemos em contato. Viva o WhatsApp!

.

Nós viemos para portugal em 2000 de Roterdão, Holanda para as Termas da Azenha, Portugal. Um passo grande, especialmente com duas crianças pequenas. Estamos ocupados a reconstruir um sítio que é considerado uma herança cultural.

Termas da Azenha, são termas antigas que transformamos em casas de férias, quartos e campismo, com piscina. Vai encontrar mosaicos e pinturas em todo o lado. O balneário velho agora é um museu.

Cada semana um pequeno blog sobre o que acontece ao nosso redor, nas Termas-da-Azenha e em Portugal. Alègre, leve, uma leitura fácil. Alguns minutos noutro mundo. Se gosta ter uma experiência connosco, ligue 916 589 145, e descobre o nosso site – temos descontos interessantes para si!

Pode subscrever:

 

Mandamos-lho todos os fins-de-semana.

No domingo, parte da manhã o publicamos na nossa página do Facebook, no Google+, no Pinterest, e em terça-feira em LinkedIn.

O mundo com os pés no ar: avaliação dos hóspedes

Aconteceu numa maneira típica portuguesa. Um pedido oportuno para uma reserva para o passagem de ano. Nada de mal com isso, diria, acolhedor um grupo de hóspedes nestes dias. Então, eles viriam com menos. Depois, houve mais. Então, menos de novo. Então, um e-mail: “Nós somos seis agora”, eles escrevem, “e todos queremos estar na casa Palmeira”.

Um casal deste grupo de hóspedes já esteve cá, recentemente

blogue_cinco-estrelas-hóspedes

os escoteiros antes a festa

Penso secretamente:  podiam ter sido “os escoteiros”. Vamos ver se este é um bom destino para a festa do Ano Novo.

Parece que sim.

“Podia arranjar a casa ao lado”,  ainda envio, “isso pode ser mais confortável?”

Na semana seguinte, recebi um telefonema: eles também querem a casa ao lado, porque o grupo se expandiu novamente. Rápidamente. Essa é a maneira portuguêsa de fazer coisas: inicialmente vêm tantas pessoas, depois menos, e menos, e depois  mais, um jovem passou nas Termas para reservar para ainda mais – até que pensei: vou preparar tudo e depois vejo quantos vêm.

É um grupo de jovens

Penso por volta dos vinte-e-cinco. Os anos em que ainda és muito fácil nessas coisas. Podem dormir facilmente no sofá, e eles levam o saco-cama com eles. Eles organizam sua própria comida, seu próprio pequeno-almoço e seu próprio entretenimento. Muito obrigado!

Gosto muito de hóspedes independentes

Especialmente com a véspera de Ano Novo. Passei uma noite ao telefone com dois casais diferentes que também eram muito portugueses: pegam no carro carro e saem, e quando  pensam que estão pertos, ligam: “Sim estamos aqui* agora, e como devemos prosseguir?”

(*aqui = pode ser qualquer sítio)

Isso foi a algum tempo, antes do GPS, e para mim foi uma lição

Essa foi a primeira e a última vez que passei toda a véspera do ano novo no telefone para adivinhar onde essas pessoas estavam. E isso com dois carros diferentes. Pouco antes da hora, chegaram, e ninguém estava feliz.

Agora estão – todos os hóspedes estão felizes

Estavamos com o nosso grupo num lado da estrada, eles no outro. No início da noite, um deles colocou música bastante alta, que meu filho Broes reconheceu como Daft Punk.

Não é música ruim – sou uma chata quando se trata de música, muitas vezes penso que é o barulho da fábrica, essa música moderna – mas ainda assim pensei com um pouco de susto: Oh fogo, sim, isso é verdade, também é possível – eles vão tocar música alta toda a noite. Até tarde.

Mas não. Felizmente, para esta velha chata foi apenas uma erupção de cerca de 10 minutos. Acabou, e “eles do outro lado” festejaram na moda portuguesa antiga: com muitas conversas, rir e cantar. Os portugueses são muito bons em festas, cantando, dançando e rindo. Não se engane sobre o quão importante isso é na vida de uma pessoa!

Portugal, guia da Europa em como desfrutar a vida

É claro que também conversamos e rimos (não, não cantamos), mas ainda ouve coisas. Isso dá uma sensação muito agradável.É bom de saber que em ambos os lados da nosso pequena aldeia as pessoas estão desfrutando a vida!

À meia-noite, ouvimos o barulho das tampas de panelas começar do outro lado. “Veremos como encontramos a louça quando eles vão”, Broes observou secamente. “Não soa como quebrar pratos”, disse com um sorriso, “é uma boa maneira tradicional de perseguir os espíritos malignos. Tudo bem. Provavelmente todos fugiram!”

Perseguir os espíritos malignos ficou um pouco fora de controle

Pelo menos, aqui não é muito ruim. Há um grande fogo de artifício de município de Figueira da Foz, mas não conseguimos ver nada. No início da noite, a lua estava quase cheia e estava no céu em toda sua majestade, mas à meia-noite tinha desaparecido nas nuvens.

Havia um amante do fogo-de-artifício no outro lado do vale, que nos tratou de um lindo show de fogos de artifício ornamental. Obrigada!

blogue_cinco-estrelas-hóspedes

encontrámos uma estrela esquecida …

..

Foi uma surpresa como encontramos as casas quando foram se embora: tudo limpínho e completamente arrumado. *****

Cinco estrelas!

Muito obrigada!

 

Um bom Ano para todos – que todos os vossos sonhos sejam realizados!

.

.

.

.

.

 

.

Nós viemos para portugal em 2000 de Roterdão, Holanda para as Termas da Azenha, Portugal. Um passo grande, especialmente com duas crianças pequenas. Estamos ocupados a reconstruir um sítio que é considerado uma herança cultural.

Termas da Azenha, são termas antigas que transformamos em casas de férias, quartos e campismo, com piscina. Vai encontrar mosaicos e pinturas em todo o lado. O balneário velho agora é um museu.

Cada semana um pequeno blog sobre o que acontece ao nosso redor, nas Termas-da-Azenha e em Portugal. Alègre, leve, uma leitura fácil. Alguns minutos noutro mundo. Se gosta ter uma experiência connosco, ligue 916 589 145, e descobre o nosso site – temos descontos interessantes para si!

 

Pode subscrever:

 

Mandamos-lho todos os fins-de-semana.

No domingo, parte da manhã o publicamos na nossa página do Facebook, no Google+, no Pinterest, e em terça-feira em LinkedIn.

Voluntária Raquelli Pirelli

“Vou verificar os comboios novamente, ok?” digo, enquanto saio, “praticamente a certeza de que podemos encontrar tudo em www.cp.pt. É tão fácil!” 

Voluntária Raquel vai para o sul, está muito frio aqui. Se vem de origem de Gran Canaria, uma ilha tropical,  não está acostumado ao frio.

Ser voluntária às vezes é complicada

Um inverno ensolarado com quase nenhuma chuva. Durante o dia é maravilhoso, mas quando o sol se põe, tem que encontrar uma camisola e um colete. Ainda assim, ela fica sempre rindo, sempre positivo, apesar de ela ter que vestir quase todas as suas roupas ao mesmo tempo. É melhor de ir ao sol, no Algarve, após 6 semanas de ser voluntário aqui.

blogue_voluntaria-Raquelli-Pirelli

Alguns dias depois, recebo um telefonema. Um número espanhol. Da voluntária …?

“Ei, Ellen!”, diz uma voz conhecida,  “como estás, tudo bem?” Ah! Pensava que sim, é a Raquel. Não é um sucesso tão grande lá, e ela fala sobre isso. Ela pensou que era um casal, mas parece ser um homem sozinho. “Ele é um homem amigável, mas ele faz coisas tão estranhas! Ele queria controlar tudo, eu tenho que comer quando ele diz isso, mesmo que não tenha fome, mas eu tenho que fazer minha própria comida. Ele trabalha longas horas, e espera qua eu faço isso também. Não há internet, então é por isso que liguei. Tentei por uma semana agora, mas não gosto muito aqui.”

Agora ela está quase a chorar, então digo a ela, que, se necessário, ela sempre é bem-vindo aqui. “Ele não é um homem mau, sabes, mas ele é tão … tão grosseiro, tão insensível. Ele quer que eu o siga como um cachorro e faça tudo o que ele diz. E ele toma um banho com a porta aberta. Não, não, não é assim …sinto-me completamente segura … ele só quer estar no controle. Tão estranho.”

Sim é bastante estranho e insensível

Esta não é a sua primeira experiência estranha. O primeiro, há apenas 2 meses, era muito esquisíta, numa quinta onde os voluntários tinham que trabalhar 12 horas por dia. E trabalho duro: cavar na terra rochosa e cortar madeira. Portanto, não é uma surpresa que esta voluntária fugiu.

Não é assim que isso deve ser. Ser voluntária – tem que ser uma experiência agradável

No próximo destino, a anfitriã era muito amigável, uma adorável mulher inglesa mais velha, mas falava muito e muito rápido, durante todo o dia. O companheiro de Raquel não entendia inglês, apenas espanhol, então as conversas foram direcionadas à ela.

Ela estava cansada no final do dia por causa disso

Sim, consigo imaginar. Também: admirável. Como faz isso, falar todo o dia? Então eles pousaram aqui e ficaram por 6 semanas. Construímos uma rotina boa muito rápido. Eles preferiram trabalhar dàs 8 até às 3 – ótimo para mim. Jantamos todas as noites, e para o resto era harmonioso e agradável.

“Amei tanto isso, Ellen. Vou ver se encontro algo aqui no sul, mas, caso contrário, vou lá”,  a Raquel diz, “digo-te amanhã, está bem?”

O seu companheiro de viagem foi para outro lugar, porque não há muitos anfitriões que aceitam voluntários agora. É dezembro, as pessoas estão a preparar-se para o Natal, e nas quintas não há muito de fazer. Como na nossa área de trabalho: alojamento rural.

No dia seguinte, busco-a na estação mais próxima. Não havia um anfitrião, nada a ser encontrado, todos estão relaxandos, preparandos para o Natal, então: “Voltei! Para ficar em paz, vou ser voluntária novamente, e procuro um lugar aqui. Pelo menos tu tens uma conexão constante! “, ela diz radiante, cheia de boas intenções.

Mas apararentamente, ninguém precisa uma voluntária em Dezembro

“Encontrei um bilhete barato”, diz ela na manhã seguinte, “vou para casa, para Gran Canaria. A minha mãe está tão feliz! E o meu irmão também!”

Boa decisão. Não só vais celebrar o Natal ao sol, mas também na calorosa presença de sua família.

blogue_voluntaria-Raquelli-Pirelli

Feliz Natal para todos. E para aqueles que não “fazem” Natal: boas Festas!

 

.

Nós viemos para portugal em 2000 de Roterdão, Holanda para as Termas da Azenha, Portugal. Um passo grande, especialmente com duas crianças pequenas. Estamos ocupados a reconstruir um sítio que é considerado uma herança cultural.

Termas da Azenha, são termas antigas que transformamos em casas de férias, quartos e campismo, com piscina. Vai encontrar mosaicos e pinturas em todo o lado. O balneário velho agora é um museu.

Cada semana um pequeno blog sobre o que acontece ao nosso redor, nas Termas-da-Azenha e em Portugal. Alègre, leve, uma leitura fácil. Alguns minutos noutro mundo. Se gosta ter uma experiência connosco, ligue 916 589 145, e descobre o nosso site – temos descontos interessantes para si!

Pode subscrever:

Mandamos-lho todos os fins-de-semana.

No domingo, parte da manhã o publicamos na nossa página do Facebook, no Google+, no Pinterest, e em segunda-feira em LinkedIn.

 

Trackingencomendas.pt

As minhas costas matam-me. Tudo o que fazemos no momento é levantar e dobrar, dobrar e levantar.

Estamos ocupados fazendo uma pista de tiro ao arco – na minha imaginação tudo já está pronto, mas, infelizmente, não pode alterar a realidade com Photoshop. Então: levantar e dobrar, dobrar e levantar.

blogue_trackingencomendas-pt

Está quase pronto, mas a vista já está

Imagine, seria tão bom: basta clicar no carimbo e, depois de um minuto, todas essas pequenas pedrinhas estão bem espalhadas na pista

Pena. O pior é: nenhum trator ou nenhuma máquina pode ir lá, não há entrada ampla o suficiente. Portanto, temos que fazer uma grande parte manualmente. Eh … isso é … com as mãos e com as costas.

A pista de petanca está localizada antes do campo de tiro. Metade de comprimento, mas também muitas destas malditas rochitas. Desculpe … estão as minhas costas a falar.

A primeira carga veio com um caminhão de 10 metros cúbicos

Alguma idéia de quanto isso é? Eu também não realizei-me, mas agora sei! O caminhão simplesmente não conseguiu atravessar o portão. Nós medimos a frente, mas deu errado devido aos espelhos. Eles eram demais. Que pena.

Se um caminhão tão pesado estiver na parte inferior do caminho do banho, não pode voltar assim. Só pode voltar vazio. A carga devia ser depositada no sítio, mas o motorista Sérgio viria com sua máquina milagrosa naquela tarde para transportá-las para a pista de tiro ao arco.

Graças à Deus, mas ainda restava uns montes: “Não consigo levar o resto, você terá que fazer isso com o carrinho de mão”, disse Sérgio, casualmente, e saiu com motor rugindo.

Nós fizemos isso esta tarde, com pouca vontade mas com muita disciplina

Não foi o primeiro e único trabalho de dobrar-e-levantar das últimas três semanas. Houve também muito cortar das canas. Cortar com o machete é divertido, mas se tem que juntar esses montes desorganizados, que ficam espalhados no chão como um enorme jogo de mikado, para levá-los ao fogo. Fazer um fogo também é divertido, mas estes são muito desorganizados. Começa na cabeça (porque as folhas queimam melhor) e então tem que movê-lo até a cauda.

Odiou o mikado

Cada residente no campo sabe do que se trata. Se não fica a vigiar e cortar, eles assumem o mundo inteiro, juntamente com as silvas. Nós tínhamos negligenciado esse terreno, porque os burros comem as canas – mas infelizmente não todas e não por completo.

Crescem até 4 metros de altura, e começam imediatamente com a anexação do terreno circundante.

O giratório consegue virar o chão, mas, infelizmente, não existe uma máquina de tirar-as-raízes-do-chão. (Pode ser um desafío pelo Elon Musk, muito mais útil do que mandar pessoas ao Marte!)

Regularmente estou a admirar a vista recém-adquirida

Dobrado, abotoo toda a terra das raízes, e lanço os restos fazendo assim uma grande pilha. Para queimar mais tarde. Ha! Doce vingança!

blogue_trackingencomendas-pt

o mesmo terreno, um mês atrás

Acaba de se tornar bárbaro

Mas já estamos quase prontos. E será lindo! De qualquer forma, a vista é excelente. A pista de tiro com arco tem um lugar de espectador protegido, uma cabina aonde pode ver o progresso do seu filho, da sua filha. Então pode ver que o seu filho ou seu parceiro é um Legolas futuro, ou um Robin Hood, ou um Wilhelm Tell.

Agora, para começar, estaremos atirando no alvo. As maçãs nas cabeças são mais para os avançados.

Claro que não pode simplesmente começar a tirar flechas. Só pode fazer isso com marcação, sob supervisão, e se você for pelo menos 20 centímetros acima do arco.

Nós continuaremos com o campo de petanca. Próximo objetivo: o campo de minigolfe.

Haverá muitos novos jogos nas Termas, apesar os que já temos: piscinas, ping-pong, matraquilhos, bilhar, e last but not least O Camarim, com todos os saltos altos, chapéus coloridos e vestidos de brilho!

.

Nós viemos para portugal em 2000 de Roterdão, Holanda para as Termas da Azenha, Portugal. Um passo grande, especialmente com duas crianças pequenas. Estamos ocupados a reconstruir um sítio que é considerado uma herança cultural.

Termas da Azenha, são termas antigas que transformamos em casas de férias, quartos e campismo, com piscina. Vai encontrar mosaicos e pinturas em todo o lado. O balneário velho agora é um museu.

Cada semana um pequeno blog sobre o que acontece ao nosso redor, nas Termas-da-Azenha e em Portugal. Alègre, leve, uma leitura fácil. Alguns minutos noutro mundo. Se gosta ter uma experiência connosco, ligue 916 589 145, e descobre o nosso site – temos descontos interessantes para si!

Pode subscrever:

Mandamos-lho todos os fins-de-semana.

No domingo, parte da manhã o publicamos na nossa página do Facebook, no Google+, no Pinterest, e em segunda-feira em LinkedIn.

Cama & Comida & Casaco

Sonho com um roupão longo marrom. O tecido é impresso com listras amarelas e castanhas, com pequenas flores sobre eles. Eles são bordados por fio de ouro. É uma linda marrom profunda, como uma folha de castanha no outono. O amarelo é muito modesto, e as flores e o fio de ouro o tornam realmente especial.

Por trás, cai no chão, da frente o tecido faz um arco agradável. O roupão tem uma boa gola, ele tem um ajuste perfeito, e nos meus sonhos mais extravagantes tem algo como a cauda do pavão. Feito de peças semi-redondas do mesmo tecido. Preferencialmente bordado com fio de ouro.

Tão bom, para sonhar assim

Anos atrás, havia duas senhoras que queriam começar uma loja na internet em roupões de banho feitos por costureiras portuguesas. Naqueles dias, ainda não era uma selva de lojas na web. As senhoras não estavam satisfeitas com a oferta de roupões de banho (felpa, só até o joelho, tornando-se gordo, aborrecido, não muito elegante, mas prático) e fizeram um negócio de frustração delas.

blogue_Cama-&-Comida-&-Casaco

 

Roupões aborrecidos, todos iguais, não dá prazer em trazê-los

Estava envolvido: se eu poderia causar costureiras portuguesas. “Claro”, dizia, mas na realidade não fazia ideia. Não conhecia uma costureira portuguesa.

Um anúncio no supermercado foi a solução

Fui chamado por muitas costureiras. (Não precisa mais esperar isso, eles já têm um emprego no supermercado. Ainda existem dois produtores de roupas em Portugal).

Após a primeira seleção, concordamos em nos encontrar com 3 costureiras no mesmo dia. As senhoras, vamos chamá-las Christina e Maria, vieram da Holanda e foram hospedadas nas Termas por alguns dias.

Agora uma pequena história ao lado:

O verão passado foi o décimo quinto verão com uma vila cheia de hóspedes. Muito agradável. Foi um verão harmonioso e acolhedor. Devido às circunstâncias, o meu filho Broes e eu fizemos tudo juntos, sem o “TermasTeam”. Isso foi um trabalho árduo, mas era factível.

Não arrendo de sábado até sábado. Pode chegar quando quiser (bem, com uma reserva, no verão). Isso faz uma grande diferença.

Cozinhar é uma questão de organização bem. Uma limpeza minuciosa no início da estação também faz uma grande diferença. E, além disso, está levantar-se, continuar, e ontinuar a ser bem-disposta.

E se consegue fazer isso, consegue fazer tudo

Já durante algum tempo, tive a sensação de: tempo para um novo desafio. E lá, esses roupões de repente caiu do céu. Em meus sonhos, então. Depois de pesquisar e fantasiar, comecei a escrever o que está envolvido – abrindo uma loja na web e fazendo roupas, e isso parecia viável.

Solicitei a permissão de Christina e Maria para assumir a ideia delas, e felizmente deram suas bençãos. Elas já pararam com a loja. Tinha sido mais trabalho do que elas pensavam, e era sua intenção fazer como uma actividade lateral. Ao lado de sua vida normal.

Sim, conheço essa alçapão agora

Também fui sugado, e agora estou dentro disso até a minha cabeça. Tenho uma máquina de costura normal, uma corte-e-coze, uma mesa de corte alta, um estante de linhas, uma mesa de padrões e há pelo menos 35 quilômetros de tecido na sala especial pare eles. Há também os casacos acabados, feitos pela Gina.

A Gina trabalha no supermercado (sim, como acha que tenho essa sabedoria?) e é muito entusiasmado com o plano. Ela preferia retornar à sua antiga profissão melhor ontem do que hoje.

Bem, então, agora tenho que …

As idéias caem dos céus, mas agora não é o tempo para ideias, é o tempo de ações concretas. Como abre-se uma loja online? E como isso funciona com o marketing?

Este blog pareceu um bom início. Existem fotos no nosso site e no Facebook. E no www.Etsy.com. Nós fizemos um par de roupões mãe-e-filha. Um par de roupões pai-e-filho. Agradável e quente. Agradável e fresco. Longo ou curto. Fácil de enrolar, para levar nas férias. Um vintage, um elegante e um longo. Ainda não há muitos, mas talvez encontra um bom presente de Natal entre eles!

blogue_Cama-&-Comida-&-Casaco

 

 

Uma sensação completamente diferente – tomar o café de manhã vestido neste tipo de roupões!

E eu encontrei meu tecido de sonho listrado marrom-amarelo-dourado!

Só falta o tempo para fazer algo …

.

Nós viemos para portugal em 2000 de Roterdão, Holanda para as Termas da Azenha, Portugal. Um passo grande, especialmente com duas crianças pequenas. Estamos ocupados a reconstruir um sítio que é considerado uma herança cultural.

Termas da Azenha, são termas antigas que transformamos em casas de férias, quartos e campismo, com piscina. Vai encontrar mosaicos e pinturas em todo o lado. O balneário velho agora é um museu.

Cada semana um pequeno blog sobre o que acontece ao nosso redor, nas Termas-da-Azenha e em Portugal. Alègre, leve, uma leitura fácil. Alguns minutos noutro mundo. Se gosta ter uma experiência connosco, ligue 916 589 145, e descobre o nosso site – temos descontos interessantes para si!

Pode subscrever:

Mandamos-lho todos os fins-de-semana.

No domingo, parte da manhã o publicamos na nossa página do Facebook, no Google+, no Pinterest, e em segunda-feira em LinkedIn.

Starbucks ou uma bica?

 985: os portuguêses começa a levar café da Etiópia

 986: A viúva senhora Amorim da Silva vende seu primeiro café na pastelaria dela

1971: Gordon, Jerry e Zev começam uma cafetaria em Seattle

1985: Howard Schultz (CEO) viaja para a Itália e analisa a arte

1999: A viúva senhora Amorim da Silva abre a 13ª loja

2008: Starbucks conquista Portugal

.

Grande surpresa da minha parte –  já existem 5 ou 6 Starbucks em Lisboa. Isso estimula minha curiosidade – estou procurando como isso pode ser. Os portugueses servem um delicioso café, uma chavena civilizada com um conteúdo agradável e acessível.

Encontra um pastelaria em cada esquina e em todas as aldeias aparentemente desertas – um café que faz o que o nome diz: servir café. Sempre pode adicionar um bolo, em todas as suas variações.

Então, o que a Starbucks faz aqui?

Conheço-os do aeroporto –  não pode evitá-los.

Desculpe. Acho que é demasiado caro, e não gosto de beber de uma mega-taça. Não sou fã. Desculpe a minha franqueza, pelo menos isso não está no caminho. Não percebo o frappuchino-histeria. A quantidade é bizarro, especialmente se estiver acostumado à bica portuguesa.

blogue_Starbucks-ou-uma-bica

Bica é espresso avant la lettre, o espresso original. A viúva, Amorim da Silva ficaria irritada, se ela visse o tamanho das taças de hoje.

Foi uma viagem feroz da Etiópia para Portugal

Mesmo que os marinheiros portugueses não tinham medo para nada ou ninguém, ainda era uma viagem perigosa com um navio cheio de café no mar Mediterrâneo. Nunca houve muitas possibilidades de amarração no Algarve, por isso dobraram o seu próprio cabo para chegar à Lisboa.

Ou claro, logo se tornou bon-ton para beber café.

Pronto, isso tudo é claro só uma brincadeira

Claro, a viúva Amorim da Silva nunca existiu – apenas estava a utilizar a minha imaginação. A realidade superrealista no mundo de Starbucks aparentemente me faz algo estranho. Para mim, é tudo tão irreal, tanto, tão … tão … economicamente correto –  isso não é muito divertido ou brincalhão. É só ganhar dinheiro.

O seu nome na taça está erroneamente escrito, todos os sorrisos são falsos, e tudo é aprendido de cor, enquanto a intenção é que tudo se tornará mais pessoal. Aparentemente eles não entendem no Starbucks HQ – não funciona assim.

O que funciona é a maneira portuguesa

O que ainda me surpreende, às vezes, é a autenticidade do pessoal nas pastelarias. Não, eles não são apenas cortês, educado, amigável – às vezes as pessoas são simplesmente mal-humoradas. Não contra você, mas apenas em geral, eles sofrem de saudade. Pode acontecer.

Acho melhor do que todos são supostamente educados, interessados ​​e alegres

A maioria dos criados da mesa são pessoas normais, como nós, mas a grande diferença é que, em Portugal, quase todos estão realmente amigaveís. Parece ser. Esse saudade aqui em cima é uma exceção.

Quando a menina vem, ela traz um sorriso real: “Se faz favor!”

blogue_Starbucks-ou-uma-bica

credits: fotothing

Haveria algo – um pouco derramado, você quer mais açúcar, nenhum lugar na mesa porque você colocou todas as coisas lá – então ela se desculpa, ajuda ou espera pacientemente, faz piadas, diz algo simpático. Tão completamente espontâneo.

E isso me faz contente. Contente de viver neste país. Apenas algo tão simples como isso, sem HQ ou CEO. E também sem litros e litros de café.

.

Nós viemos para portugal em 2000 de Roterdão, Holanda para as Termas da Azenha, Portugal. Um passo grande, especialmente com duas crianças pequenas. Estamos ocupados a reconstruir um sítio que é considerado uma herança cultural.

Termas da Azenha, são termas antigas que transformamos em casas de férias, quartos e campismo, com piscina. Vai encontrar mosaicos e pinturas em todo o lado. O balneário velho agora é um museu.

Cada semana um pequeno blog sobre o que acontece ao nosso redor, nas Termas-da-Azenha e em Portugal. Alègre, leve, uma leitura fácil. Alguns minutos noutro mundo. Se gosta ter uma experiência connosco, ligue 916 589 145, e descobre o nosso site – temos descontos interessantes para si!

Pode subscrever:

 

Mandamos-lho todos os fins-de-semana.

No domingo, parte da manhã o publicamos na nossa página do Facebook, no Google+, no Pinterest, e em segunda-feira em LinkedIn.

 

A maneira pré-histórica: o método Flintstone

“¡Mira, Ellen! ¡Nos está yendo tan bien!”, a Raquel me grita com entusiasmo enquanto estou a filma-los do meu estúdio de costura no primeiro andar. As minhas costas às vezes não querem participar, e além disso: não há espaço. Essas pedras são pesadas, mas não tão grandes. Os três terão sucesso. Eles estão indo tão bem.

O meu filho Broes é bastante grande e forte, e o voluntário Desi também, mesmo com uma diferença de 15 quilos e 20 centímetros.

Broes está usado para fazer todo tipo de coisas estranhas, como mover essas belas pedras que sempre serviram como banco debaixo o pessegueiro. Como a árvore trocou este mundo por um melhor – no céu das pessegueiras? – o banco está um pouco fora de lugar.

blogue-a_maneira-pré-histórica-o-método-Flintstone

Literalmente fora de lugar

Com a criação de um Jardim de Borboletas, é necessário um lugar onde você possa colocar um recipiente raso com água. Onde borboletas podem sentar-se ao sol, onde podem recarregar. As borboletas precisam de calor solar, assim como os lagartos abundantemente presentes – com chuva e frio eles não conseguem se mover.

As borboletas querem flores agradáveis onde podem aspirar o néctar. Uma pedra quente para sentar-se ao sol. Um canto secreto onde eles podem se esconder de predadores e mau tempo. Faz lhes um enorme favor com um pedaço de nectarina ou as cascas de maçã. Pouca água, que eles podem beber, mas não afogam, e então você já tem um jardim amigável para estas pequenas creaturas lindíssimas.

O plano estava lá: aquele banco pre-histórico vai para o meio do jardim

Infortúnio – não temos uma máquina de elevação forte acessível. Nem podemos contratar uma, porque não consegue entrar neste jardim completamente murado.

Isso é uma vergonha, mas, por outro lado, é um desafio para sua inventividade. Acabei de ouvir as três falando sobre as pirâmides – e pensei que não era uma associação ruim.

Essas pedras são muito pesadas!

Desi foi buscar alguns ramos espessos de uma laranjeira podada. Inteligente. Agora que eles removeram a primeira pedra, a segunda ainda mais pesada pode ser enrolada neles. É ainda mais pesado e mais maciço, mas também menor. E isso torna ainda mais complicado, porque não pode agarrá-lo.

Com um pé-de-cabra, uma rocha e aplauso de Raquel, os meninos conseguem levá-lo ao seu lado. Eles discutem o próximo movimento, e então eles encontraram o caminho. Pé-de-cabra, rocha, derrubar, a Raquel corre com os ramos ao redor – pé-de-cabra, rocha, derrubar, a Raquel com os seus ramos … e assim por diante.

Com os três, inventaram a roda novamente – a maneira pré-histórica

Estou passando uns bons momentos, assistindo tudo isso do meu sítio VIP. Os vídeos que faço não fazem sentido, porque não vê quase nada a essa distância. E de qualquer forma, é principalmente costas e nádegas. Não importa, minha filmagem é apenas uma desculpa para estar aqui.

“¡Mira, Ellen, inventámos el método Flintstone!”, Raquel se diverte muito para ouvir, e dança enquanto os meninos têm que descansar um pouco. Eles precisam ter uma breve discussão sobre qual direção eles estão indo.

Claro!

Imagine que você tomaria o caminho errado com esse peso!

Depois de algumas horas, a pedra pesada está em cima da outra, e as borboletas podem vir. É uma pena que é novembro – portanto, isso não acontecerá – mas está quente o suficiente para isso. A magnólia no canto já está a pensar que é primavera. Tem muitas flores.

blogue_O-Metodo-Flintstones_magnolia-com-flores-em-novembro

Apenas esperar. Mais daqui alguns meses, então chegou a hora. Então todas as borboletas na zona podem vir e dançar ao redor da alegria!

.

 

Nós viemos para portugal em 2000 de Roterdão, Holanda para as Termas da Azenha, Portugal. Um passo grande, especialmente com duas crianças pequenas. Estamos ocupados a reconstruir um sítio que é considerado uma herança cultural.

Termas da Azenha, são termas antigas que transformamos em casas de férias, quartos e campismo, com piscina. Vai encontrar mosaicos e pinturas em todo o lado. O balneário velho agora é um museu.

Cada semana um pequeno blog sobre o que acontece ao nosso redor, nas Termas-da-Azenha e em Portugal. Alègre, leve, uma leitura fácil. Alguns minutos noutro mundo. Se gosta ter uma experiência connosco, ligue 916 589 145, e descobre o nosso site – temos descontos interessantes para si!

Pode subscrever:

 

Mandamos-lho todos os fins-de-semana.

No domingo, parte da manhã o publicamos na nossa página do Facebook, no Google+, no Pinterest, e em segunda-feira em LinkedIn.

Fúria sobre galinhas

Vem para mim quando estou na cama à noite. Não consigo evitar – as imagens chegarão. Eles devem ter ficado incrivelmente assustadas. Primeiro transferidas para um ambiente estranho, onde tudo é diferente ao que estão acostumadas.

Melhor, mas muito diferente.

Têm a possibilidade de ir fora, mas antes de ir descobrir o mundo novo, as sete ficaram juntas num canto seguro e escuro. Nunca se sabe.

Estes são jovens desfavorecidos, todas meninas neste caso

Eles não foram bem tratados durante sua curta vida. Connosco, elas iriam viver sem sofrimento, elas iriam para o paraíso, elas poderiam se desenvolver como seres livres, elas finalmente teriam uma boa vida … Oh, estávamos cheios de boas intenções!

Fizemos o nosso melhor para tornar a sua acomodação tão bonita e confortável quanto possível, os voluntários e nós.

Raquel e Desi estavam a cortar bambu para fazer uma boa cerca, eu tinha comprado muita comida e o Broes cuidou do resto.

blogue_furia-sobre-galinhas

Mas uma caçadora estava a solta

Ela sabia que não as podia tocar. Foi dita com muita clareza, muitas vezes. Ela portou-se bem, no primeiro dia, mas isso foi principalmente porque estávamos a trabalhar por perto na pista de tiro ao arco.

Ela estava curiosa, interessada, mas achamos que eram seguras. Nós conhecemo-la o suficiente, sabendo que ela tem um personalidade perigosa. Pelo menos, para alguns. Nós não corremos risco nenhum.

Naquela tarde, eu vi a no viveiro, quando voltei do almoço

“Como entraste aqui?” gritei, “sai daqui, malandra!” Ela já conseguia passar a porta – eu tinha dificuldade em passar. Nós fizemos a dessa maneira de propósito, que não é fácil passar. Ai! Aparentemente, havia um furo.

Primeiro verifiquei as meninas e depois fui procurar o furo

Ela se traiu furtivamente voltando a sua entrada secreta quando pensou que eu tinha ido embora novamente. Mas não sou estúpida, aguardei escondida – pronto para pegá-la.

Ela não esperou muito tempo.

“Ha! Apanhada em flagrante “, disse triunfantemente e selei o furo

Tudo bem, pensei. Valeu o esforço, pensei. Mas na manhã seguinte, não há ninguém à vista. Nenhuma galinha, isso é.

Ai! O que é isso … ? Como é que isto é possível? Quem … ?

“Não, não quero nada com ela”, digo desapontada, triste e zangada.

Gentil Raquel, a voluntária espanhola, tentou intermediar comigo e Donkeydog.

“Ela é um assassina, e ela fez isso com previsão. Ela apenas esperou até que estivesse escuro, o esgueirar”.

Não falei com ela durante uma semana

Continuei a persegui-la: “vai-te, má menina! Assassino!” Dei-lhe comida (porquê não sei, ela teve 7 galinhas frescas!), Mas para o resto ignorei-a.

Sim, eu sei, é instinto, e sabia que havia um risco antecipadamente, mas é uma decepção. Muito provavelmente, tenho que desistir da idéia: uma ninhada de galinhas, caminhando no pomar, tomando banho de areia ao sol e ovos frescos todos os dias.

O meu “castigo” teve pouco ou nenhum efeito. Ela tinha cada vez mais um ar de: “Bem, então, não quer nada comigo, tudo bem! Eu também não!” Tenho que me dominar e perdoá-la.

Mas ainda não desisto!

blogue_furia-sobre-galinhas

Deve haver uma maneira de conseguir um cão (de caça) e uma galinha para viver em paz?

Se tem idéias, se é um especialista, contactem-me! Qualquer conselho é bem-vindo!

.

.

.

Nós viemos para portugal em 2000 de Roterdão, Holanda para as Termas da Azenha, Portugal. Um passo grande, especialmente com duas crianças pequenas. Estamos ocupados a reconstruir um sítio que é considerado uma herança cultural.

Termas da Azenha, são termas antigas que transformamos em casas de férias, quartos e campismo, com piscina. Vai encontrar mosaicos e pinturas em todo o lado. O balneário velho agora é um museu.

Cada semana um pequeno blog sobre o que acontece ao nosso redor, nas Termas-da-Azenha e em Portugal. Alègre, leve, uma leitura fácil. Alguns minutos noutro mundo. Se gosta ter uma experiência connosco, ligue 916 589 145, e descobre o nosso site – temos descontos interessantes para si!

Pode subscrever:

 

Mandamos-lho todos os fins-de-semana.

No domingo, parte da manhã o publicamos na nossa página do Facebook, no Google+, no Pinterest, e em segunda-feira em LinkedIn.

 

 

Jardim para borboletas

“Oh, é apenas um saco de sementes de flores …” disse meu irmão enquanto mostrava uma bolsa colorida, “é uma mistura de borboletas – então atrai borboletas e abelhas. Podes ter um jardim para borboletas. Fixe não é?”

“Bem, semeie na praça do jardim, quem sabe que talvez algo aparece”, respondi “, está regado todos os dias no verão, quando é necessário. Então tem uma oportunidade …”

Não fui super entusiasmado porque sofro da síndrome de NSDV

Nascido Sem Dedos Verdes.

Se uma planta sobreviver comigo, então é forte. Mas, em seguida, adoro os rastreadores e outras plantas que podem ser negligenciadas. Sou muito bom em negligenciar ativamente o verde.

blogua_Jardim-Borboletas

Tenho uma camisola verde, mas não dedos verdes

O meu irmão sabe, mas, no entanto, faz uma tentativa de alegrar as Termas. Acho que é muito gentil. Ele disse: “Ótimo, então vou plantar isto”. E então ele está ocupado com um pedaço do jardim e começar a semear.

Felizmente, estão a crescer muitas flores aqui, espontaneamente

As hortênsias na praça sobreviveram 30 anos de negligência. Eles são, portanto, fortíssimos, e também estão muito entusiasmados para fazer um monte de grandes flores cor-de-rosa. A trepadeira azul está morta nos invernos ensolarados (e, portanto, frios), mas sempre retorna, e não pára de fazer essas belas flores coloridas de cor azul-púrpura. Agora, eles sempre querem rastejar para todos os lados, então temos que vigia-los sempre, mas sua grande vantagem é que os insetos os acham-nos muito atraentes.

As rosas trepadeiras cor-de-rosa parecem fofas, mas têm um caráter espinhoso

Elas picam! E, aparentemente, não fazem um bom néctar, mas podem ficar. Em primeiro lugar, eles podem lidar comigo e, em segundo lugar, são lindos nos meses de primavera – cheios de rosas cor-de-rosa. Oleandres estão bem, arums são como ervas aqui, e se não faz atenção, o seu jardim inteiro está cheio de flores amarelas – trevo. Bom detalhe: há borboletas exatamente da mesma cor – flores voadoras.

1 mais 1 mais 1 mais 1 = jardim de borboletas

A mistura de borboletas não se apresentou mal, especialmente se sabe que essas sementes só tiveram água. Nunca falei com eles, ou dei-lhes um pouco de comida. A idéia de um jardim de borboletas nasceu porque meu irmão chegou com essa saco com “mixtura de borboleta”. Ele alimentou meu desejo de um exuberante jardim de flores; algo que sempre pensei que não era para mim.

Dei uma olhadela na internet. Um “buddleia” – arbusto especial para borboletas – requer pouca ou nenhuma atenção, torna-se quase 2m de altura, produz uma incrível quantidade de flores em todas as cores do arco-íris de Junho a Outubro e faz exatamente o que o nome promete. Isso é o que devemos ter!

blogue_Jardim-Borboletas_borboleta

Por isso encomendei  10

Estes podem ser usados como uma partição para a pista de tiro ao arco e flecha, que está agora em construção. Pode haver um ou dois no jardim da praça da aldeia, e com algum esforço, todas essas sementes encomendados surgirão na primavera. Apenas vou fazer o meu melhor, e coloque-os num lugar onde vou todos os dias.

Então já fiz as minhas resoluções para o ano novo

Vou fortalecer os meus laços com os meus amigos verdes. Consegui cultivar rúcula e alface, tomates-cherry e pepinos por anos, por isso deve ser possível.

Se tem dicas – apreciaria isso. Se quer responder: reage na nossa página no Facebook, todos podem participar. Quanto mais gente tem um jardim de borboletas, melhor é para esses belos animais!

.

Nós viemos para portugal em 2000 de Roterdão, Holanda para as Termas da Azenha, Portugal. Um passo grande, especialmente com duas crianças pequenas. Estamos ocupados a reconstruir um sítio que é considerado uma herança cultural.

Termas da Azenha, são termas antigas que transformamos em casas de férias, quartos e campismo, com piscina. Vai encontrar mosaicos e pinturas em todo o lado. O balneário velho agora é um museu.

Cada semana um pequeno blog sobre o que acontece ao nosso redor, nas Termas-da-Azenha e em Portugal. Alègre, leve, uma leitura fácil. Alguns minutos noutro mundo. Se gosta ter uma experiência connosco, ligue 916 589 145, e descobre o nosso site – temos descontos interessantes para si!

Pode subscrever:

 

Mandamos-lho todos os fins-de-semana.

No domingo, parte da manhã o publicamos na nossa página do Facebook, no Google+, no Pinterest, e em segunda-feira em LinkedIn.

« Older Entries Recent Entries »