Tag Archives: Jardim para borboletas

A maneira pré-histórica: o método Flintstone

“¡Mira, Ellen! ¡Nos está yendo tan bien!”, a Raquel me grita com entusiasmo enquanto estou a filma-los do meu estúdio de costura no primeiro andar. As minhas costas às vezes não querem participar, e além disso: não há espaço. Essas pedras são pesadas, mas não tão grandes. Os três terão sucesso. Eles estão indo tão bem.

O meu filho Broes é bastante grande e forte, e o voluntário Desi também, mesmo com uma diferença de 15 quilos e 20 centímetros.

Broes está usado para fazer todo tipo de coisas estranhas, como mover essas belas pedras que sempre serviram como banco debaixo o pessegueiro. Como a árvore trocou este mundo por um melhor – no céu das pessegueiras? – o banco está um pouco fora de lugar.

blogue-a_maneira-pré-histórica-o-método-Flintstone

Literalmente fora de lugar

Com a criação de um Jardim de Borboletas, é necessário um lugar onde você possa colocar um recipiente raso com água. Onde borboletas podem sentar-se ao sol, onde podem recarregar. As borboletas precisam de calor solar, assim como os lagartos abundantemente presentes – com chuva e frio eles não conseguem se mover.

As borboletas querem flores agradáveis onde podem aspirar o néctar. Uma pedra quente para sentar-se ao sol. Um canto secreto onde eles podem se esconder de predadores e mau tempo. Faz lhes um enorme favor com um pedaço de nectarina ou as cascas de maçã. Pouca água, que eles podem beber, mas não afogam, e então você já tem um jardim amigável para estas pequenas creaturas lindíssimas.

O plano estava lá: aquele banco pre-histórico vai para o meio do jardim

Infortúnio – não temos uma máquina de elevação forte acessível. Nem podemos contratar uma, porque não consegue entrar neste jardim completamente murado.

Isso é uma vergonha, mas, por outro lado, é um desafio para sua inventividade. Acabei de ouvir as três falando sobre as pirâmides – e pensei que não era uma associação ruim.

Essas pedras são muito pesadas!

Desi foi buscar alguns ramos espessos de uma laranjeira podada. Inteligente. Agora que eles removeram a primeira pedra, a segunda ainda mais pesada pode ser enrolada neles. É ainda mais pesado e mais maciço, mas também menor. E isso torna ainda mais complicado, porque não pode agarrá-lo.

Com um pé-de-cabra, uma rocha e aplauso de Raquel, os meninos conseguem levá-lo ao seu lado. Eles discutem o próximo movimento, e então eles encontraram o caminho. Pé-de-cabra, rocha, derrubar, a Raquel corre com os ramos ao redor – pé-de-cabra, rocha, derrubar, a Raquel com os seus ramos … e assim por diante.

Com os três, inventaram a roda novamente – a maneira pré-histórica

Estou passando uns bons momentos, assistindo tudo isso do meu sítio VIP. Os vídeos que faço não fazem sentido, porque não vê quase nada a essa distância. E de qualquer forma, é principalmente costas e nádegas. Não importa, minha filmagem é apenas uma desculpa para estar aqui.

“¡Mira, Ellen, inventámos el método Flintstone!”, Raquel se diverte muito para ouvir, e dança enquanto os meninos têm que descansar um pouco. Eles precisam ter uma breve discussão sobre qual direção eles estão indo.

Claro!

Imagine que você tomaria o caminho errado com esse peso!

Depois de algumas horas, a pedra pesada está em cima da outra, e as borboletas podem vir. É uma pena que é novembro – portanto, isso não acontecerá – mas está quente o suficiente para isso. A magnólia no canto já está a pensar que é primavera. Tem muitas flores.

blogue_O-Metodo-Flintstones_magnolia-com-flores-em-novembro

Apenas esperar. Mais daqui alguns meses, então chegou a hora. Então todas as borboletas na zona podem vir e dançar ao redor da alegria!

.

 

Nós viemos para portugal em 2000 de Roterdão, Holanda para as Termas da Azenha, Portugal. Um passo grande, especialmente com duas crianças pequenas. Estamos ocupados a reconstruir um sítio que é considerado uma herança cultural.

Termas da Azenha, são termas antigas que transformamos em casas de férias, quartos e campismo, com piscina. Vai encontrar mosaicos e pinturas em todo o lado. O balneário velho agora é um museu.

Cada semana um pequeno blog sobre o que acontece ao nosso redor, nas Termas-da-Azenha e em Portugal. Alègre, leve, uma leitura fácil. Alguns minutos noutro mundo. Se gosta ter uma experiência connosco, ligue 916 589 145, e descobre o nosso site – temos descontos interessantes para si!

Pode subscrever:

 

Mandamos-lho todos os fins-de-semana.

No domingo, parte da manhã o publicamos na nossa página do Facebook, no Google+, no Pinterest, e em segunda-feira em LinkedIn.

You like? Please like! And sharing is not forbidden ....

Jardim para borboletas

“Oh, é apenas um saco de sementes de flores …” disse meu irmão enquanto mostrava uma bolsa colorida, “é uma mistura de borboletas – então atrai borboletas e abelhas. Podes ter um jardim para borboletas. Fixe não é?”

“Bem, semeie na praça do jardim, quem sabe que talvez algo aparece”, respondi “, está regado todos os dias no verão, quando é necessário. Então tem uma oportunidade …”

Não fui super entusiasmado porque sofro da síndrome de NSDV

Nascido Sem Dedos Verdes.

Se uma planta sobreviver comigo, então é forte. Mas, em seguida, adoro os rastreadores e outras plantas que podem ser negligenciadas. Sou muito bom em negligenciar ativamente o verde.

blogua_Jardim-Borboletas

Tenho uma camisola verde, mas não dedos verdes

O meu irmão sabe, mas, no entanto, faz uma tentativa de alegrar as Termas. Acho que é muito gentil. Ele disse: “Ótimo, então vou plantar isto”. E então ele está ocupado com um pedaço do jardim e começar a semear.

Felizmente, estão a crescer muitas flores aqui, espontaneamente

As hortênsias na praça sobreviveram 30 anos de negligência. Eles são, portanto, fortíssimos, e também estão muito entusiasmados para fazer um monte de grandes flores cor-de-rosa. A trepadeira azul está morta nos invernos ensolarados (e, portanto, frios), mas sempre retorna, e não pára de fazer essas belas flores coloridas de cor azul-púrpura. Agora, eles sempre querem rastejar para todos os lados, então temos que vigia-los sempre, mas sua grande vantagem é que os insetos os acham-nos muito atraentes.

As rosas trepadeiras cor-de-rosa parecem fofas, mas têm um caráter espinhoso

Elas picam! E, aparentemente, não fazem um bom néctar, mas podem ficar. Em primeiro lugar, eles podem lidar comigo e, em segundo lugar, são lindos nos meses de primavera – cheios de rosas cor-de-rosa. Oleandres estão bem, arums são como ervas aqui, e se não faz atenção, o seu jardim inteiro está cheio de flores amarelas – trevo. Bom detalhe: há borboletas exatamente da mesma cor – flores voadoras.

1 mais 1 mais 1 mais 1 = jardim de borboletas

A mistura de borboletas não se apresentou mal, especialmente se sabe que essas sementes só tiveram água. Nunca falei com eles, ou dei-lhes um pouco de comida. A idéia de um jardim de borboletas nasceu porque meu irmão chegou com essa saco com “mixtura de borboleta”. Ele alimentou meu desejo de um exuberante jardim de flores; algo que sempre pensei que não era para mim.

Dei uma olhadela na internet. Um “buddleia” – arbusto especial para borboletas – requer pouca ou nenhuma atenção, torna-se quase 2m de altura, produz uma incrível quantidade de flores em todas as cores do arco-íris de Junho a Outubro e faz exatamente o que o nome promete. Isso é o que devemos ter!

blogue_Jardim-Borboletas_borboleta

Por isso encomendei  10

Estes podem ser usados como uma partição para a pista de tiro ao arco e flecha, que está agora em construção. Pode haver um ou dois no jardim da praça da aldeia, e com algum esforço, todas essas sementes encomendados surgirão na primavera. Apenas vou fazer o meu melhor, e coloque-os num lugar onde vou todos os dias.

Então já fiz as minhas resoluções para o ano novo

Vou fortalecer os meus laços com os meus amigos verdes. Consegui cultivar rúcula e alface, tomates-cherry e pepinos por anos, por isso deve ser possível.

Se tem dicas – apreciaria isso. Se quer responder: reage na nossa página no Facebook, todos podem participar. Quanto mais gente tem um jardim de borboletas, melhor é para esses belos animais!

.

Nós viemos para portugal em 2000 de Roterdão, Holanda para as Termas da Azenha, Portugal. Um passo grande, especialmente com duas crianças pequenas. Estamos ocupados a reconstruir um sítio que é considerado uma herança cultural.

Termas da Azenha, são termas antigas que transformamos em casas de férias, quartos e campismo, com piscina. Vai encontrar mosaicos e pinturas em todo o lado. O balneário velho agora é um museu.

Cada semana um pequeno blog sobre o que acontece ao nosso redor, nas Termas-da-Azenha e em Portugal. Alègre, leve, uma leitura fácil. Alguns minutos noutro mundo. Se gosta ter uma experiência connosco, ligue 916 589 145, e descobre o nosso site – temos descontos interessantes para si!

Pode subscrever:

 

Mandamos-lho todos os fins-de-semana.

No domingo, parte da manhã o publicamos na nossa página do Facebook, no Google+, no Pinterest, e em segunda-feira em LinkedIn.

You like? Please like! And sharing is not forbidden ....