Tag Archives: cão perdido

Moda nova: um cachorro louro com skinny jeans

“Está um cãozito a frente da Casa Oliveira, já viste?” o meu amigo holandês Henk pergunta quando entra e não se assusta quando eu levanto-me repentinamente gritando: “Oh não! Não quero mais cães!”  Ele já me conhece e sabe que já fizemos a nossa parte de salvar cães perdidos nos últimos anos.

E lá em frente da casa está um cachorro muito magro

Oooooo, porque? Não quero mais cães, um chega. Mas não consigo mandar este cachorrito fora, por isso decido: “Não vi nada. Vou ignorá-la. Talvez ela vai se embora.”

O Henk ri-se e diz: “Claro, ela vai desaparecer de repente. Isso vai acontecer!”

Termas-da-Azenha_blogue_skinny-jeans

Ele continua a andar para a Casa África. Henk está cá pela segunda vez, a ajudar com o trabalho. A cozinha da África foi renovada e está quase completo. Cozinhas sempre demoram mais tempo a renovar. E por isso não consigo ter outro cão, já tenho suficiente para fazer. Tenho que ir pintar os armários que o Henk construiu!

Multitarefas

Como uma empresária sempre tenho coisas a fazer.

Remodelacão, limpeza, manutação, divulgação e marketing …

Escrever blogues, bloquear calendários, responder a potenciais clientes, criar promoções boas.

“Elas já são amigas, pois não, a Donkeydog e a pequenita”, diz o Henk quando estamos a jantar. Esqueci quase o cachorrito, mas agora voltou. Suspiro.

O problema com cães perdidos diminuiu muito nos últimos anos

Antes havia muitos, especialmente durante a época de caça. Aqueles que não foram treinados com deveser ou foram perdidos. As cadelas grávidas eram mandadas fora, porque não queriam pagar o veterinário (os veterinários cá são bastante caros!) Com a crise de 2013 muitos cães foram mandados fora, ou se têm sorte levados ao canil.

Há um canil para todo o distrito.

Portugueses geralmente são pessoas amigáveis com outras pessoas mas não tanto para animais.

É especialmente mau para os cães. Que vivem a vida toda acorrentados. São acorrentados quando são cachorros e já não são soltos daí em frente. O garagista na aldeia tem um, que está preso por baixo de uma árvore. Ele tem sorte: dão lhe comida, alguma palha para dormir, e tem abrigo da chuva e do sol.  

Eles servem como campainha

Ele escapou uma vez. De vez em quando vias isto um cão a andar pela borda da estrada com a corrente a volta do pescoço. Mas este não fugiu. Ele apenas andava à volta da árvore, mas não se deixava capturar. Ajudei a tentar capturá-lo, como um cão destes solto perto de tráfico é perigoso. Mas ele não queria voltar para baixo da sua árvore.

Mas também não percebia que podia fugir.

Na próxima manhã vou buscar o pão, como sempre. (Escrevo o que quero num papelinho e o padeiro deixa o pão, como ele passa as 6 da manhã). Viro-me para voltar para a cozinha quando vejo o cachorrito de novo, um animal pequeno e muito magro que está a minha frente e olha para mim implorando-me.

Grande suspiro.

O que fazes? Consegues mandá-lo fora? Penso que ninguém é capaz disso. Certeza eu não sou.

Por isso, sim. Temos mais um cão.

Talvez posso começar uma moda nova: um skinny dog com o teu skinny jeans!

Ou talvez consigo fazer uma advertência no mail:

Fica uma semana numa casa de férias e leva um cachorrito gratuito!

Termas-da-Azenha_blogue-sobre-skinny-jeans

.

Nós viemos para portugal em 2000 de Roterdão, Holanda para as Termas da Azenha, Portugal. Um passo grande, especialmente com duas crianças pequenas. Estamos ocupados a reconstruir um sítio que é considerado uma herança cultural.

Termas da Azenha, são termas antigas que transformamos em casas de férias, quartos e campismo, com piscina. Vai encontrar mosaicos e pinturas em todo o lado. O balneário velho agora é um museu.

Cada semana um pequeno blog sobre o que acontece ao nosso redor, nas Termas-da-Azenha e em Portugal. Alègre, leve, uma leitura fácil. Alguns minutos noutro mundo. Se gosta ter uma experiência connosco, ligue 916 589 145, e descobre o nosso site – temos descontos interessantes para si!

Pode subscrever:

 

Mandamos-lho todos os fins-de-semana.

No domingo, parte da manhã o publicamos na nossa página do Facebook, no Google+, no Pinterest, e em terça-feira em LinkedIn.

 

 

You like? Please like! And sharing is not forbidden ....