Tag Archives: canoagem no Mondego

Afinal, o que precisa nas férias?

Um lugar agradável e acolhedor, alguma coisa para passar o tempo, algum sol, boa comida, uma piscina (especialmente para crianças), jogos, canoagem …. uh, talvez ainda é um pouco mais do que eu pensava.

Sou especialista de viagens, mas não tenho experiência

Pessoalmente, raramente vou de férias. Às vezes uma semana para visitar a família em casa, às vezes alguns dias aqui e lá em Portugal. Para recuperar um pouco do trabalho que está envolvido para oferecer aos nossos clientes umas boas férias. 🙂

Depende do que quer experimentar …

Temos agora uma família espanhola hospedada, que querem mostrar Portugal aos seus filhos, com idade de 8 e 11. Eles vão todos os dias admirar outra cidade: Coimbra, Aveiro, Lisboa, Tomar e no caminho de regresso foram ver Batalha, Alcobaça e Viseu.

uma-familia-espanhola-nas-Termas-da-Azenha

Termas-da-Azenha está localizado quase exatamente no meio entre Porto e Lisboa. A partir daqui pode facilmente ir a Figueira, Coimbra, Aveiro, Viseu, Tomar, Lisboa e Porto. Embora normalmente aconselho os nossos hóspedes de combinar os últimos destinos (Lisboa e Porto) com o voo de regresso. Claro que pode conduzir para estas cidades, mas  também pode planear eficientemente e assim, o resto do tempo fica para fazer algumas coisas boas.

Fazer canoagem por exemplo

Algumas pessoas não ficam muito entusiasmadas quando falamos sobre a canoagem. “O não, isso não!!” é a primeira reação deles, “Não quero passar o dia todo num lago sujo, cheio de turistas!” Mas essa pessoas tiveram más experiências.

Canoagem no Mondego é canja. Tudo o que preciso é uma boa disposição e um bom protetor solar. Pode levar o seu almoço (*) e fazer um piquenique numa praia fluvial ao longo do caminho. Tem todo o dia para fazer o percurso. Pode deixar-se ir com a corrente, remar harmoniosamente, brincar uns com os outros na água, e se quiser, pode caminhar um pouco. O Mondego é um rio sem pretensões. É largo, mas não é fundo.

Comida boa, sempre bom quando vai de férias

Tivemos chefs aqui (realmente tenho que nomear Jan Zwart de Holanda, o belga Niels le Grande e Dingo Robberts da Irlanda), que cozinháram cá como é um restaurante com 5 estrelas. O Jan (João Preto = Jan Zwart em holandês) tirou a nossa atenção ao physalis, que cresce espontâneamente aqui. Não sabemos, mas pronto … nõs não somos chefes. No entanto, podemos preparar uma boa refeição caseira. E a melhor parte: muitos a partir do nosso jardim.

physalis-e-endro-nas-Termas-da-Azenha

A primeira colheita já foi processada

A gente tinha que aprender, mas tem que pensar em fases, em termos de horta. Dependendo dos bioritmos de seus vegetais. Pepino, por exemplo, de junho até setembro – e depois podes querer o que queres, mas as plantas morrem. E alface não cresce no verão. Primavera e outono: bem –  mas no verão fica muito quente para estas plantas. Quer dizer: que não esforça nada.

Vamos improvisando, mas a maioria é proveniente do nosso jardim.

Este ano ainda não sabemos como vai

As plantas ainda são pequenas, mas mesmo assim já colhi que chegue para várias receitas com berinjela. As flores de abobrinha é promissor, mas as aboboras são miúdas. Não se importa, em minha mente todos eles já estão numa lasanha deliciosa. A rúcula acabou de sair da puberdade, mas as receitas com os seus deliciosos folhas já estão prontas na mesa.

E assim também vai para o feijão, tomates, manjericão, groselha capa, endro, salsa, melão,  abóbora, e, claro, o campeão: pepino.

Hoje à noite nós comer uma salada de feijão-de tomate com um molho de azeite e ervas.

Delicioso! Fazemos batota com o feijão, porque vêm do mercado. Mas bom, cerca de um mês que comemos este realmente do nosso jardim!

(*) Nós oferecê-lo com o almoço para 27,50 (adultos) e 20€ (crianças até 15 anos). Alimentos, bebidas, frutas, água - tudo em um barril impermeável, onde há espaço para as chaves do carro e uma pequena bolsa. Quando chega a praia-com-bar dá jeito.

.

Nós viemos para portugal em 2000 de Roterdão, Holanda para as Termas da Azenha, Portugal. Um passo grande, especialmente com duas crianças pequenas. Estamos ocupados a reconstruir um sítio que é considerado uma herança cultural.

Termas da Azenha, são termas antigas que transformamos em casas de férias, quartos e campismo, com piscina. Vai encontrar mosaicos e pinturas em todo o lado. O balneário velho agora é um museu.

Cada semana um pequeno blog sobre o que acontece ao nosso redor, nas Termas-da-Azenha e em Portugal. Alègre, leve, uma leitura fácil. Alguns minutos noutro mundo. Se gosta ter uma experiência connosco, ligue 916 589 145, e descobre o nosso site – temos descontos interessantes para si!

Pode subscrever:

 

Mandamos-lho todos os fins-de-semana.

No domingo, parte da manhã o publicamos na nossa página do Facebook, no Google+, no Pinterest, e em terça-feira em LinkedIn.

You like? Please like! And sharing is not forbidden ....