Tag Archives: bolos

Um bolo de …. cocô?

Na próxima semana vai chegar um voluntário. Ele esteve aqui antes, com a namorada.

Novembro passado. Em seguida, ele fez um belo mural na casa Pomarinho.

pintura-na-Casa-Pomarinho-nas-Termas-da-Azenha

Gostou tanto, ele voltará para três semanas. Está aqui muito agradável na primavera e vamos arranjar o jardim, o pomar e o resto do terreno. Desta vez, ele vem com seu filho adulto. Uma boa maneira de ter algum tempo juntos, sem de ser obrigatório de sentar-se na mesa e falar.

O novo ideia para um projeto de pintura já está. Vai ser realizado no corredor dos quartos 1 e 2.

Se o filho se parecesse como o pai …

Bruno gosta do ciclismo e portanto, sai quase todos os dias dar uma volta na bicicleta. Nesta maneira, começe conhecer o país, e tem conversas com pessoas numa pastelaria ou num café. Ele tem um nome português, ninguém tem dificuldades com “Bruno”.

Se o filho tem o mesmo gosto em passear na bicicleta, eles terão o dobro prazer. Mas o filho melhor não diz como ele se chama. O nome dele é Coco …

O Coco melhor não dizer o nome dele, especialmente porque está pronunciado como cocô.

Ninguém nesta zona vai perceber porque ele chama-se como um produto culinário ou o que se produzem no lavábo.

Há alguns anos ainda tivemos uma conta num banco holandês, chamado “Rabo”. Havia bastante pessoas que reagiram surpreendidas, tinham que gargalhar, aos escondidos, porque acharam o nome do banco tão estranho.

Eu mesmo tive alguma dificuldade com a diferença de pronúncia entre algumas palavras em português. Ainda sei a diferença entre Avô e Avó – avós. Agora isso não é um problema, porque raramente uso. Na melhor das hipóteses para informar sobre a saúde da avó da minha adotivo filho João Pedro – e espero que escolhei bem.

O desafio de cocô ou coco era muito maior, porque gosto tanto de coco e todas as pastelarias têm deliciosos bolos com coco.

Simplesmente não consegi memorizar a diferença em pronunciação.

Quantas vezes pedi um sanduíche de bosta, eu não sei, mas as senhoras da pastelaria ficaram sempre civilizada, nunca riram / escarnecem / zombam com os meus erros.

Apesar é uma língua difícil, o Português. Mas acho que é uma língua muito bonita, por isso encoraja a aprender. Nunca será no mesmo nível que a minha língua materna.Ocasionalmente tenho de improvisar um pouco quando não conheço as expressões ou as palavras certas.

Mas a reação dos portugueses que encontro são tão estimulantes, tão positivas, que isto dá motivação e perseverança.

E simplesmente resolvi o meu problema com coco. Basta pedir “o meu favorito” – agora todas as senhoras nas pastelarias todas no nosso redor sabem.

um-prato-verde-com-um-bolo-de-coco

Nunca mais um sanduíche bosta.

 

You like? Please like! And sharing is not forbidden ....