Tag Archives: B&B

Acampar e pequeno-almoço

“Cheirava muito bom aí ontem à noite, com o que voou do teu terraço. O vento levou o cheiro até cá.” eu gozo, “e é claro que não tive a coragem de passar com um copo de vinho. Era tão óbvio …”

A-Ramona-no-Multibanco-em-Alquedão

“Aaah! Mesmo?” A Ramona olha para mim confusa, “Que pena! Eu cozinhei demasiado e pensava: a Helena podia vir jantar comigo. Mas não perguntei, tinha vergonha!”

Nos estamos ao pé do multibanco no Alqueidão, porque a Ramona nunca traz dinheiro com ela. Ela foi levantar dinheiro e eu tinha que fazer compras.

Assim ela não têm que sair com a caravana.

Ainda é época baixa, ainda é calmo

E isso é exatamente o que queremos. Pássaros a chilrear, um ruído dum trator na distância … ruído que chega. Ela estava estacionada ao pé da praia: “Depois de alguns dias pensei: alguem pode parar as marés? Já as ouvi que chega.”

Viajar pelo mundo com a tua caravana e fazer tudo o que queres. Quem não quer isso? Mesmo assim não há muitos que o fazem. E nem sempre é fácil, especialmente não quando acabaste de encontrar alguém dás te bem. Mas se mesmo tens que ir para Portugal, bem, quem sou eu para te contrariar.

A Ramona tinha um “Boat & Breakfast”

e ia bastante bem, mas tinha alguns problemas. Pessoas de todo o mundo vinham visitar esse lugar, mas o barco também era a casa dela. Quando alguém reservava ela tinha que sair da sua casa e ir viver na caravana. Não é um problema muito grave, especialmente quando são pessoas amigáveis, mas depois de algum tempo vai começar a chatear.

“Era só um anúncio no AirBnB, e correu muito bem. Recebi e renovei muitas coisas, comprei as em segunda mão, e pus a história no AirBnB. Pessoas gostaram, tive muitos hóspedes amigáveis.” A Ramona fica pouco melancólica ao lembrar-se, “Também era um local muito bonito com uma vista espetacular, mas tornou-se demasiado para mim.”

E pessoas começaram a fazer cada vez mais reservas de última hora

“Estavam no aeroporto Schiphol e chamavam a dizer que eles estão no caminho, vão ter comigo em algumas horas. Tinha que mover e limpar tudo, com muita pressa. Mwah … isso é menos agradável!”

“Sim, conheço o sentimento”, eu digo, “pelo menos a parte do last-minute. Isso está a acontecer cada vez mais. É muito chato que tens que deixar tudo e ir preparar uma casa imediatamente. Eu tento sempre ter algumas casas prontas, mas é claro que tu não conseguias fazer isso.”

“Não quero viver todo o tempo na caravana porque talvez alguém pode reservar.” ela responde, “por isso tive a ideia para ir para Portugal. Vendi o barco e comprei esta caravana, e agora estou aqui!”

“Alguma ideia que vais fazer?” pergunto, estou um pouco apreensiva pensando que já sei a resposta: abrir um B&B.  Penso que o mercado já está saturado. Nos últimos anos abriram vários, nesta região agora deve haver uns dez B&B’s. Agora que a Turquia já não é uma opção para turismo, parece que Portugal vai ter o melhor ano até agora, mas mesmo assim há um limite.

Mas não, ela ainda não vai viver num lugar fixo

Talvez um lugar numa comunidade, como “Vegan Hill” no Algarve. Tens algo semelhante na Serra da Estrela, mas é frio no inverno. É uma região para desportos de inverno.

Não uma coisa que esperas encontrar em Portugal, mas sim: no primeiro ano que viajei em Portugal, em fevereiro, estava na Serra e andei num trenó, na neve. Uma coisa que me surpreendeu muito!

Vamos dizer adeus. É tempo para continuar a viagem

“Passei o tempo cá muito agradavelmente, é muito calmo, uma coisa que eu precisava”, diz Ramona e abraça-me,“e tinha dúvidas se devia levar o cachorro, como é tão fofa. Mas é melhor que não”

“Pena”, digo eu, mas também estou um pouco aliviada. Apesar de não querer ficar com ela, quando ela apareceu a algumas semanas atrás, habituei-me a ela. E ela é uma fofinha, por isso deixa a ficar.

Temos que deixar alguns residentes afinal de contas!

um-cachorro-no-braço

 

 

 

 

 

 

 

 

 

N

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

 

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Nós viemos para portugal em 2000 de Roterdão, Holanda para as Termas da Azenha, Portugal. Um passo grande, especialmente com duas crianças pequenas. Estamos ocupados a reconstruir um sítio que é considerado uma herança cultural.

Termas da Azenha, são termas antigas que transformamos em casas de férias, quartos e campismo, com piscina. Vai encontrar mosaicos e pinturas em todo o lado. O balneário velho agora é um museu.

Cada semana um pequeno blog sobre o que acontece ao nosso redor, nas Termas-da-Azenha e em Portugal. Alègre, leve, uma leitura fácil. Alguns minutos noutro mundo. Se gosta ter uma experiência connosco, ligue 916 589 145, e descobre o nosso site – temos descontos interessantes para si!

Pode subscrever:

 

Mandamos-lho todos os fins-de-semana.

No domingo, parte da manhã o publicamos na nossa página do Facebook, no Google+, no Pinterest, e em terça-feira em LinkedIn.

You like? Please like! And sharing is not forbidden ....