Fanaticos na época alta

Até agora, foi um poucinho aqui, um poucinho alí … uma família aqui, uma família alí … às vezes toda a aldeia está cheia por alguns dias, quando há um festival na Figueira da Foz, às vezes está cheia de mães com o fim de semana do Dia das Mães. A partir de Março vai assim, mais ou menos até metade de Julho.

E então a época alta começa a sério

Os Países Baixos e a Bélgica estão de férias! E desde que Portugal é o país o mais seguro, o mais fixe, o mais engraçado e o mais amigável da Europa, algo que mais e mais pessoas estão descobrindo, o nosso segundo país está sendo preenchido de cima para baixo com carros alugados com pessoas queimadas pelo sol.

Está a começar bem aqui

Para nós, a melhor parte da alta temporada é que encontra todos os tipos de pessoas diferentes. Algumas mulheres espanholas, uma das quais estava envolvida na construção da Sagrada Família de Gaudí e o outro artista de vidro; uma mãe de Dubai com dois filhos que faz uma viagem mundial e ensina seus próprios filhos, e um casal holandês – ele viaja pelo mundo para a KLM e ela está envolvida numa produção especial de teatro na nossa cidade de origem de Roterdão.

epoca-alta-nas-Termas-da-Azenha

Pode ouvir histórias muito interessantes

É claro que eu quero ouvir tudo sobre essa produção de teatro. Minhas raízes estão em Roterdão, e no teatro também, o que quer mais? E o espectáculo chama-se: “Quando partimos de Roterdão”. A primeira frase da música imortal “Ketelbinkie”, uma canção sobre um jovem que estava muito infeliz como marinheiro e morreu no mar.

Lagrimas nos olhos, certo?

Às vezes tenho pena de não viver lá mais, porque  gostaria de ir a esse espetáculo. 

Tópicos que chega para falar sobre, como Portugal é o número 1

Eles vêm cá há anos e, por acaso, é a mesma coisa com todas estas pessoas. Então, eles conhecem Portugal como foi há 30 anos – para que possamos nos tornar um pouco nostálgicos. São Portugal fãs, ou fanáticos, como o Ron disse.

Ron nos fala sobre a primeira auto-estrada no sul, que foi construída em ’93 (!) de Sevilha a Albufeira, porque os jogos Olímpicos foram organizados alí. Desde então, a infraestrutura melhorou, mas também conheço os buracos e os poços dos anos atrás, quando viajei cá pela primeira vez.

Eles continuam a melhorar a infraestrutura

E isso é muito bom, porque todos estamos acostumados a entrar no carro para fazer algo. Um dia para o rio, em direção a Coimbra, vamos dar uma volta, um dia de cultura em mosteiros e catedrais nas proximidades ou fazer desporto no parque de dunas.

São 3 horas e toda a gente está fora

terraço-nas-Termas-da-Azenha-na-epoca-alta

Às vezes, não se nota muito, a época alta, aqui nas Termas-da-Azenha. Houve um casal que ficou em casa, com quem acabei de falar: “Delicioso, a calma”, disse a senhora do casal, “apenas livra-te de todos os estresses – é bom com aquela brisa e os pássaros … Quase adormeci …”

“Bom, certo?” digo: “finalmente você está em Portugal, um país no sul de Europa uma sesta faz parte do arranjamento … dorme bem!”

.

Nós viemos para portugal em 2000 de Roterdão, Holanda para as Termas da Azenha, Portugal. Um passo grande, especialmente com duas crianças pequenas. Estamos ocupados a reconstruir um sítio que é considerado uma herança cultural.

Termas da Azenha, são termas antigas que transformamos em casas de férias, quartos e campismo, com piscina. Vai encontrar mosaicos e pinturas em todo o lado. O balneário velho agora é um museu.

Cada semana um pequeno blog sobre o que acontece ao nosso redor, nas Termas-da-Azenha e em Portugal. Alègre, leve, uma leitura fácil. Alguns minutos noutro mundo. Se gosta ter uma experiência connosco, ligue 916 589 145, e descobre o nosso site – temos descontos interessantes para si!

Pode subscrever:

 

Mandamos-lho todos os fins-de-semana.

No domingo, parte da manhã o publicamos na nossa página do Facebook, no Google+, no Pinterest, e em terça-feira em LinkedIn.

You like? Please like! And sharing is not forbidden ....

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *