Abrigo para galinhas

Estou no carro da minha irmã. Ela conduz bastante rápido no trânsito da cidade, e já não estou acostumada. Vivemos fora da cidade, no campo, numa zona agrícola. Às vezes passa uma trator ou um carro, mas já foi anos que fiquei presa no trânsito. Talvez até 20 anos atrás.

Na Holanda, as estradas estão mais cheias, mas é porque estamos na parte com o mais movimento do país. Sempre tenho que me acostumar com o fato de que ela está a conduzir atrás de outro carro, quase sem espaço nenhum entre os mesmos – ela quase cola no pára-choque do carro em frente dela, mas todos fazem isso.

Tens que colar, senão não há espaço

Depois de uma hora estou acostumada, porque a minha irmã não é apenas alguém que conduz rapidamente, ela também é uma condutora muito boa, então eu me sinto completamente segura, mesmo que estou no “espaço do morto”. Acho que ela nunca teve um acidente em toda a vida.

(e agora vou parar de falar sobre isso, porque caso contrário, ficaremos com a raiva dos deuses e isso não queremos!)

A maior parte vai automáticamente, entretanto conversamos. Falamos sobre tudo e mais alguma coisa, não importa, é fácil voltar a um assunto anterior – estamos acostumadas uma com a outra.

Uma amiga dela tem uma cama de casal, quase nova, e se a quero.

Sim, claro. Por favor. Por acaso, temos uma cama que precisa ser substituída na Casa Palmeira. Precisamos determinar quando é o momento certo para buscá-la, porque esta amiga vai com férias, e ela tem que levar as suas galinhas ao abrigo de galinhas.

blogue_Termas-da-Azenha_abrigo-galinhas

Perdão? Ouvi isso bem?

Eu penso: uma piada, como tornei-me um pouco português, e nunca ouvi falar de um abrigo de galinhas. Mas não, a sério, ela tem 3 galinhas e um galo, e eles vão viajar por três mêses pelo sul da Europa. Normalmente, os vizinhos cuidam de suas galinhas, mas, por um período indefinido, não podes pedir isso às pessoas.

Por isso um abrigo. Preciso de algum tempo para gargalhar

“Ah, lembro-me que tinhamos uma galinha doente, há muito tempo, mesmo no início, e liguei o veterinário. Pensei que a falta de entendimento era porque eu já não falava português tão bem, mas não era isso, era porque aquele homem estava atordoado que queria ir com uma galinha doente”, digo rindo, “e só agora entendo o quão tolo era então. Ele pensou que era uma piada.”

“Sim, lógico”, conclui minha irmã, que, entretanto, também aprendeu muito sobre os métodos de agricultura portuguesa e, além disso, vive fora da cidade também, “uma galinha doente … Fim da história. E, se possível, ela vai ser sopa. “

“Abrigo de galinhas”, acho que é uma ótima idéia, “Existe também um abrigo para galinhas maltratadas? Porque as galinhas que tive, e foram bastantes, não gostaram muito quando o galo as pegou. Todos fugiam. E então isso está pedindo, é claro.”

“Sim, há um pouco mais provocador do que uma galinha que foge”, a minha irmã ria, “porque não começas um abrigo de galinhas nas Termas? Tens o espaço para fazê-lo!”

Haha. LOL. Duvido que haja interesse. Provavelmente não …. mas a ideia é fixe!

blogue_Termas-da-Azenha_abrigo-galinhas

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Nós viemos para portugal em 2000 de Roterdão, Holanda para as Termas da Azenha, Portugal. Um passo grande, especialmente com duas crianças pequenas. Estamos ocupados a reconstruir um sítio que é considerado uma herança cultural.

Termas da Azenha, são termas antigas que transformamos em casas de férias, quartos e campismo, com piscina. Vai encontrar mosaicos e pinturas em todo o lado. O balneário velho agora é um museu.

Cada semana um pequeno blog sobre o que acontece ao nosso redor, nas Termas-da-Azenha e em Portugal. Alègre, leve, uma leitura fácil. Alguns minutos noutro mundo. Se gosta ter uma experiência connosco, ligue 916 589 145, e descobre o nosso site – temos descontos interessantes para si!

Pode subscrever:

 

Mandamos-lho todos os fins-de-semana.

No domingo, parte da manhã o publicamos na nossa página do Facebook, no Google+, no Pinterest, e em segunda-feira em LinkedIn.

You like? Please like! And sharing is not forbidden ....

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *