A primeira impressão

Pessoas que sabem, sempre dizem que a primeira impressão é muito importante.
Bem. Veremos.
Não quero ser teimosa, mas realmente tenho a impressão de que as coisas são um pouco diferentes aqui nas Termas.

Quero dizer, a primeira impressão não precisa de ser a melhor

Esta história de amigos sempre ficou comigo. Eles estavam a viajar de barco, e tiveram que ancorar. Eles já tinham algum tipo de plano, mas na Holanda não é necessário planejar tudo de antemão, porque há marinas suficientes, e pode encaixar seu barco por uma noite no leito do rio – se é preciso. E então improvisa algo com tomar banho, e coisas assim.

Eles chegaram no porto planejado, tornou-se um céu bastante escuro, então continuar não era uma opção.

Tudo parecia um pouco negligenciado, silencioso, e depois com aquela nuvem iminente no céu acima …

As crianças estavam um pouco nervosas com o fato de que não queriam ficar lá, mas o pai disse com firmeza: “Aguarde um momento e amanhã veremos o que pensamos”. E a mãe disse: “Nós faremos algo bonito, vamos gente, vamos fazer panquecas”.

Não me lembro que esta história tem um happy end

Sempre achei que essa atitude positiva era muito impressionante. Já é uma história antiga, e naquela época estava bastante estressada. Isso também mudou muito, com a minha nova casa e o novo ambiente. Uma pessoa aprende. Felizmente, no entanto, porque se eu caminhar como uma galinha sendo perseguida por um galo, ninguém ficaria relaxado.

Mas … não é que precise de uma atitude tão positiva aqui … Não quero dizer que só pessoas positivas gostam de ficar cá … hem …  isso é típico … oh, oh, agora pintei-me numa esquina … como é que vou escapar disto? Eh … talvez seja hora de algumas fotos fixes, pode ver por si mesmo:

some-people-sitting-in-the-corner-on-the-edge-of-the-big-pool

Fairy-Tale-Terrace-mosaic-of-the-tiger

dorpsplein_ons-dorp_gezien-van-de-trap

O que queria dizer com toda essa história é que acredito firmemente que nossos hóspedes pertencem em grande parte ao grupo positivo. Pessoas que vêem o copo meio cheio.

Talvez tem que acostumar um pouco com a atmosfera alternativa, porque é um pouco diferente – as Termas-da-Azenha. Talvez fica impressionado com a forma como vai. E tão diferente e alternativa não é, mas a atmosfera informal às vezes leva algum tempo para se acostumar.

Por exemplo: pode entrar na cozinha para conversar. Se está a acampar aqui, pode colocar as suas compras no nosso frigorífico. Se é inesperadamente fresco, e não trouxe roupas quentes no seu otimismo, pode emprestar uma camisola. Ou meias.
Pode usar a guitarra (e se sabe tocar: ótimo!), ou fazer coisas malucas no Camarim, gritar “oeiii !!” a jogar matraquilhos, e sentar-se no terraço do café com as pernas na outra cadeira.
Alguns fazem estas coisas mais fáceis do que outros.

.

.

.

Palavra chave: sinta-se bem-vindo e em casa

De vez em quando, reservam pessoas que tem que acostumar-se mesmo, que acham que é estranho, informal, diferente, mas não desagradável. Mas uma vez que precebem como funciona, sentem-se relaxionados, bem-vindos, aliviádos das formalidades normais da vida de dia a dia, e a despedida é muito alegre, e muitas vezes é “Até a próxima!”
E a próxima vez também se acontece. Às vezes depois anos, como este casal, que visitou as Termas há 9 anos. Ele disse-me: “Nos nunca voltamos mas aqui é outra coisa”. Claro que fico muito orgulhosa com isto!

blogue_primeira-impressão

Veja na nossa página de Facebook quantas pessoas achem que são amigos com as Termas.

É bom. Essa é a recompensa mais bonita que uma anfitriã pode obter. Não é?

.

You like? Please like! And sharing is not forbidden ....

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *